Plano Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho


A Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho  foi elaborada por uma Comissão Tripartite entre o governo, as principais organizações que representam empregadores (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil, Confederação Nacional da Indústria, Confederação Nacional das Instituições Financeiras, Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e Confederação Nacional do Transporte) e pela representação dos trabalhadores (Central Única dos Trabalhadores, Central-Geral dos Trabalhadores do Brasil, Força Sindical, Nova Central Sindical dos Trabalhadores e União Geral dos Trabalhadores). A formalização se deu por Decreto assinado pela Presidenta Dilma Rousseff, no dia 7 de novembro de 2011 (Decreto nº 7.602).

O esforço conjunto está de acordo com a Convenção n.º 155 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que dispõe sobre Segurança e Saúde dos Trabalhadores e o Meio Ambiente de Trabalho e estabelece o dever do Estado-Membro de elaborar uma política nacional sobre o tema; e o Plano de Ação Mundial sobre a Saúde dos Trabalhadores da Organização Mundial da Saúde (OMS), que reforça a necessidade de uma política com coordenação intersetorial das atividades na área.

NA PRÁTICA - A execução das diretrizes está embasada na atuação dos órgãos governamentais envolvidos por meio de plano de ações. Formado por oito objetivos, este plano é dividido em tarefas de curto, médio e longo prazo, além de um conjunto de tarefas de caráter permanente.

Para a rotina do trabalhador, por exemplo, serão adotados dispositivos legais e princípios comuns de saúde e segurança no trabalho (SST) para todos os trabalhadores (do setor público e privado), independentemente de sua inserção no mercado, com elaboração, aprovação, implementação e fiscalização conjunta do poder público, em processo dialogado com as organizações dos empregadores e dos trabalhadores.

Um ponto que afirma o viés intersetorial é a padronização dos critérios quanto à caracterização de riscos e agravos relacionados aos processos de trabalho e construção de banco de dados relativo aos indicadores de gestão. Isso significa que os três ministérios irão compartilhar informações para fomentar as práticas pertinentes à área.

A educação continuada é uma das diretrizes a ser seguida com a inclusão de conhecimentos básicos em prevenção de acidentes e SST no currículo do ensino fundamental e médio da rede pública e privada, bem como a revisão de referências curriculares para a formação de profissionais em saúde e segurança no trabalho, de nível técnico, superior e pós-graduação.

Cartilha: Clique aqui para acessar o Plano Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho

Fonte: MTE





1 Comentário(s)  comentario

"Adorei a idéia da educação continuada, temos que iniciar esse processo desde cedo, a área ambiental já é trabalhada com esse público e o resultado aparece. Agora tem que sair do papel e ir para a prática!" Carla Peres
APS Associados
Assessoria Profissional em Sistemas

Largo Padre Péricles, 145 | 17º andar
Perdizes | CEP 01156-040
São Paulo | SP

+55 (11) 3666-1430
sac@apsbr.com.br

Sistema de Gerenciamento de SSMA em Empreendimentos - Obras

A APS desenvolve sistema de gestão em SSMA para aplicação em projetos de capital. Realiza o gerenciamento de obras, comissionamento, e apoio ao inicio de operação.
Sistemas de gestão em Saúde, Segurança e Meio ambiente

O Sistema de Gestão é elaborado de acordo com os requisitos legais, diretrizes da organização e demanda das partes interessadas. Podem ser incluídos os requisitos de Responsabilidade Social (Norma SA8000), guias do Banco Mundial, requisitos da CVM, Programa de Atuação Responsável da Indústria Química, entre outros.
Higiene Ocupacional

Avaliações ambientais e exposição de pessoas à agentes físicos, químicos, biológicos e ergonômicos. Metodologias para identificação de perigos e riscos à saúde, e identificação de necessidades, além de Gestão de Afastados (reabilitação).
Engenharia de Segurança

Assessoria técnica, jurídica e legal. Identificação e aplicação de práticas para atendimento à requisitos legais. Assessoria em Perícia Técnica. Planejamento e realização de cursos, seminários e workshops.
Engenharia Ambiental

Construção e implantação de Sistema de Gestão Ambiental. Processos para licenciamento ambiental. Identificação de aspectos e impactos ambientais. Avaliação de emissões atmosféricas - VOC - Voláteis Orgânicos. Estudo e avaliação de recursos hídricos. Processo de educação ambiental por meio de treinamentos, seminários e workshops.
Treinamentos

A APS oferece mais de 40 cursos, palestras e workshops nas áreas de Engenharia de Segurança, Medicina do Trabalho, Higiene Ocupacional e Gerenciamento Ambiental, incluindo o atendimento às Normas Regulamentadoras do MTE.
Desenvolvimento de cursos, seminários e workshop sob demanda.
RSS Twitter Facebook Youtube
SAC

© 2014 APS Associados S/C Ltda.